1818 - O Governador ANTÓNIO PUSSICH foi o primeiro que sugeriu a ideia da mudança da Capital de Cabo Verde para São Vicente, alegando que o progresso social e económico do arquipélago estavam na base do Porto Grande de São Vicente.


1838 - No dia 11 de Junho desse ano, sendo o Visconde Sá da Bandeira, o Ministro das Colónias, lavrava-se o Decreto Régio que mandava criar uma Povoação de nome MINDELO, perto do Porto Grande de São Vicente, para ser a futura Capital de Cabo Verde. Em 1838, estabeleceu-se a 1.ª Companhia com deposito de carvão de pedra, a "East India", seguiu-se a Companhia "Royal Mail" em 1850, a "Patent Fuel" em 1851, a"Visger & Miller´s"  ligada depois com a "Miller´s & Nephews" em 1863/70 e em 1875 a "Cory Brothers &C.ª", seguiu-se a Companhia de S.Vicente Cabo Verde, que deu novo impulso não só a Cidade, como também ao País.


1852Foi construído o "FORTIM D´EL REI"  para defesa do Porto Grande.


1858 - Por Decreto Régio, a Povoação do MINDELO foi elevada a categoria de VILA. Inicio da construção da obra do então Palácio do Povo


1862 - Foi edificada uma bonita Igreja, com a invocação de NOSSA SENHORA DA LUZ. Inicio da construção do edifício do Paços do Concelho.


1873 -  Conclusão do edifício do Paços do Concelho (Câmara Municipal).


1874 - A construção do caminho para o Monte Verde ficou concluído. No mesmo ano conclui-se a obra do Palacete do Governo e começou-se a terraplanar o "Largo D´Albuquerque" que veria a ser o Mercado Municipal.


1875 - Foi abolida a escravatura por Portaria Régia 10/3/1857, sendo a ilha de São Vicente uma das primeiras colonias portuguesas na Africa a quebrar os ferros da escravidão.


1878 - Em agosto, deu-se inicio ao calcetamento das seguintes ruas da Vila do Mindelo: Ruas da Moeda e Santo António, à volta da Praça Dom Luís e da Câmara Municipal, Travessa da Praia, Rua de São João e Rua da Luz, etc.


1879Por Decreto Régio de 14/4/1879, a Vila do MINDELO foi elevada a categoria de Cidade, devido ao seu desenvolvimento comercial e aumento da população.


1880 - Colocação de 8 peças de artilharia no Fortim D´El Rei. Iniciou-se as obras do edifício do Lazareto ao fundo da GALÉ e assentou-se a primeira pedra de um Hospital no Mindelo, situado no sítio "Lombo d´Palha".


1882 - Iniciaram-se as obras de canalização de água do Madeiral e Madeiralzinho. Foi inaugurado o FAROL DO ILHÉU DOS PÁSSAROS em 15/7/1882, a que se deu o nome de Farol de D. Luís 1.º. 


1884 - Foi inaugurado o Cabo Submarino entre o Mindelo e a Praia.


1885 - Em 21 de Janeiro THOMAS ROBERT MORGAN, solicitou ao governo uma porção de terra na Galé e Trás do Monte, para estabelecimento de um depósito de carvão de pedra. Por isso motivo, o alto do Monte passou a chamar-se "Murguin".


1886 - Inauguração do Cabo Submarino entre o Arquipélago e os restantes países africanos de língua portuguesa. Em 27 de Maio, as águas das nascentes do Madeiral e do Madeiralzinho chegaram à Cidade do Mindelo.Os depósitos de carvão "Miller & Nephews" começaram a ser iluminados com luz elétrica.


1894 - A Praça Dom Luís foi demolida e o local cedido à Companhia de S. Vicente para construir os grandes quintalões de deposito de carvão. 


1899 -  Foram concluídas as obras do Hospital, tendo sido inaugurada em 14 de Abril de 1901.


1907 -  Em 11 de Maio, foram aprovados os "Estatutos da Corporação dos Bombeiros voluntários Municipais do Mindelo."