Em Cabo Verde assinala-se o 13 de janeiro, feriado nacional, Dia da Liberdade e Democracia, data em que, pela primeira vez, em 1991, os cabo-verdianos exerceram o seu direito de voto nas eleições multipartidárias, após 16 anos em regime de partido único.
O 13 de janeiro passou a ser uma data de extrema importância para todos os cabo-verdianos, que desde então escolhem o seu governo de forma livre.
A história recente de Cabo Verde está marcada indelevelmente por este momento importante. Após décadas, os ventos da História chegaram às ilhas, com a realização das primeiras eleições livres no País.
A Democracia e a Liberdade constituem os pilares político-jurídicos mais importantes do Estado Democrático de Direito e a transição do regime unipartidário para o multipartidário foi o marco histórico da vida política e social de Cabo Verde. Esses pilares nos levam ao respeito pelos direitos do Homem, pelas liberdades fundamentais e pelo Estado de Direito. O respeito por esses valores é a condição necessária para o desenvolvimento das sociedades a longo prazo.