A Câmara Municipal de São Vicente e a Enapor, Portos de Cabo Verde, apresentaram na Sexta Feira 20/04, o projeto, em parceria, de requalificação e drenagem das águas pluviais da praia da Laginha, orçadas em cerca de 20 mil contos.

Com prazo de execução de quatro meses, as obras de requalificação e drenagem das águas pluviais da praia da Laginha visam a melhoria da praia e a resolução “em definitivo” do problema de drenagem que ocorre no local, sempre que chove na ilha.
Para além disso, prevê-se ainda que a mesma traga a melhoria dos passeios e via pedonal, que ganhará mais quatro metros, e a substituição de toda a arborização na área circundante.
Segundo vereador Rodrigo Martins, dentro de quatro meses, com as melhorias introduzir, prevê-se o “nascimento” de novos projetos na zona, mas a ambição da autarquia, di-lo o autarca, vai mais longe.
“Queremos bairros mais agradáveis e ambientalmente sustentáveis, dotados de equipamentos sociais e urbanos, espaços verdes e locais de sociabilidade e expansão cultural”, concretizou a mesma fonte, que saudou a parceria câmara/Enapor.
Ademais, na ocasião, foi lançado o desafio para o lançamento de uma candidatura da praia da Laginha à Bandeira Azul, motivada pelas melhorias a introduzir na praia.
Da parte da Enapor, que financia o projeto, a obra enquadra-se no projeto mais vasto, iniciado há alguns anos, de drenagem das águas pluviais e da expansão norte do Porto Grande e da praia da Laginha.
Por outro lado, o vereador Rodrigo Martins aproveitou a ocasião para anunciar que as obras de asfaltagem da estrada Mindelo-Baía das Gatas devem arrancar na próxima semana e que o projeto de requalificação da mesma praia será colocada “nos próximos dias” em consulta pública.

Inforpress