Na manhã de ontem foi apresentado os resultados do 16º Concurso e lançado o 17º Concurso ao Fundo de Promoção do Emprego e da Formação – FPEF.
No concurso anterior foram beneficiadas 1409 jovens e espera-se que neste seja alcançado muito mais jovens.


O Governo irá disponibilizar cerca de 55 mil contos para as candidaturas ao 17º concurso do FPEF que serão destinados para três medidas agora afixadas, sendo a primeira para promover a qualificação, segunda de incentivo a criação ou implementação de ofertas por parte de entidades públicas e privadas e a última de incentivo a pequenos projetos.


Segundo o gestor executivo, Danilson Tavares, afigura-se como um recurso de auxílio à formação profissional e que para se ter acesso será preciso aos candidatos estarem inscritos ou a frequentar uma Acão de formação.


A dinamização do Fundo de Promoção do Emprego e da Formação (FPEF) como um instrumento é determinante para a materialização dos objetivos delineados, nomeadamente, o aumento da empregabilidade dos cabo-verdianos em geral, e dos jovens, em especial, se enquadra nesta estratégia.


O ato de apresentação dos resultados e de lançamento contou com as intervenções do vereador José Carlos da Luz, em representação do presidente da Câmara Municipal de São Vicente, do gestor executivo do FPEF , do secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes e de dois jovens sanvicentinos, que deram o seu testemunho sobre as possibilidades que tiveram depois de se candidatar ao fundo.