A CMSV, através do Pelouro Toponímia e Gestão Geográfica, segue com os trabalhos de implementação do projeto de Toponímia e Atribuição de número de polícia (números de porta) e montagem de placas toponímicas.

Após a conclusão dos serviços na zona do Monte, Campinho e em parte Monte de Sossego, a Câmara informa que já iniciou com os trabalhos de atribuição de números de porta na zona de Dji d’Sal.

A toponímia visa melhorar o conhecimento dos lugares, contribuindo para uma gestão mais eficaz dos espaços urbanos e rurais, maior rigor na produção da cartografia e e também disponibilizar à sociedade civil informações mais detalhadas e exatas sobre os nomes dos locais, regiões e acidentes geográficos.

Este serviço permite estruturar e melhorar o conhecimento dos nomes das cidades, vilas, municípios, nomes das ribeiras e outros cursos de água, mares, montes e outros acidentes físicos, subdivisões administrativas, estradas, nome das ruas, nº de polícias, contribuindo para uma gestão mais eficaz dos espaços urbanos e rurais, maior rigor na produção da cartografia.