Durante o COVID-19 os eventos artísticos e culturais têm sofrido cancelamentos, e consequentes impactos econômicos, um pouco por todo o mundo. Os sanvicentinos têm lutado contra essa tendência procurando manter, tanto quanto possível, a maioria dos pontos altos da agenda cultural da ilha.

Somos um povo alimentado pela criatividade, pela alegria, pela celebração da vida e do presente. Temos o hábito de sorrir para o futuro e de abraçar os desafios com uma energia única movida pelos ventos que cruzam os nossos sonhos. Sabemos que a felicidade também contribui para a saúde e fortifica a sociedade. Um dos principais alimentos para a a felicidade colectiva é a cultura e por isso não deixamos a cultura parar!

Este foi um ano ímpar, de muita tragédia mas também de conquistas e vitórias, e devemos celebrar a principal vitória: a de estarmos vivos hoje! É por isso que a CMSV promove o tradicional Concerto de Fim d'One na Kaza, em formato digital, a partir da página do Facebook do município. Esta é uma forma de levar a nossa morabeza ao mundo e honrar as nossas tradições, respeitando e dignificando os principais operários da felicidade colectiva: os artistas, em particular os músicos, e todos aqueles que tornam possível que os espetáculos aconteçam. O Cartaz desta virada do ano única das nossas vidas é composto por vozes e instrumentos da casa, das ilhas e da diáspora que sobem num palco único que se multiplica pelas nossas casas.

Os cuidados seguem todas as normas da INSP e no espaço estarão permanentemente os técnicos, e os artistas dirigir-se-ão ao recinto única e exclusivamente para subir ao palco, para além da disponibilização de materiais de higiene e segurança individuais. Porque a vida não pode parar, a cultura não pode parar e a música tem que tocar. Cantemos numa só voz as boas festas e dancemos juntos, em todo o planeta, na mesma festa em celebração à vida.

Votos de um feliz e próspero ano novo!