A FIBA decidiu pelo adiamento dos jogos que envolvem o Uganda, no Grupo no qual Cabo Verde está inserido, nesta segunda fase de apuramento para o Afrobasket, depois de cinco membros desta delegação testarem positivo ao covid-19 na Tunísia.

De acordo com o site da FIBA, “seguindo o protocolo covid-19 para competições oficiais de seleções e clubes da FIBA e o conselho de sua Comissão Médica” decidiu-se pelo adiamento dos jogos do Uganda nas próximas Eliminatórias FIBA Afrobasket 2021 em Monastir, Tunísia, por forma a garantir a saúde e segurança dos jogadores, treinadores e oficiais.
 
Nesse contexto, considerou que “a saúde e a segurança de todos os participantes da bolha não podem mais ser garantidas se a delegação do Uganda permanecer na competição”. A FIBA promete continuar a monitorar a situação da covid-19 e “comunicará quaisquer atualizações adicionais sobre suas competições, se necessário”.
 
Fonte: Inforpress