O dia 3 de maio foi proclamado como o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa em 1993 pela Assembléia Geral das Nações Unidas, sob proposta da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Este dia é uma oportunidade para avaliar a liberdade de imprensa em todo o mundo, defender a mídia contra ataques à sua independência e prestar homenagem a jornalistas que perderam a vida no curso de sua profissão.
 
No atual contexto global da luta contra a pandemia do COVID-19, são   destacados a importância da liberdade de expressão, liberdade de imprensa e acesso à informação e papel essencial do jornalismo e da mídia.  
 
Fonte:  Instituto de Políticas Públicas de Direitos Humanos